O Silêncio

Em noites em claros
Percebo e sinto a ânsia da solidão
Falo pra minha alma
Olha! Acalma o meu coração.

Ao dormir, persevero algo esplêndido
Algo incomprável, invendável e incalculável
Logo, percebo que é sonho
Algo assim tão sublime deveria ter tido.

Sonhar é o que apenas me resta
Parece está escrito na minha testa
Que a solidão no silêncio da noite
Fala devastadamente ao meu coração.

Não sou único em sofrimento
Talvez, seja único que sofre em silêncio
Hoje, grito ao mundo! Amor onde se esconde?
Não escuto respostas, até quando este tormento?

Comentários

As postagens mais Vistas

A Viagem

Divino amor

Meu Jardim Florido