Postagens

Seja um incentivador do nosso conteúdo; anuncie conosco!

Incentive este site a continuar com este trabalho de criação e publicação de conteúdo literário, anuncie conosco! O nosso conteúdo é um dos mais acessados entre os sites com o foco em temas literários; estamos sempre nas primeiras páginas dos principais buscadores com aproximadamente 1.000 visitas semanais. Diante desta realidade, resolvemos abrir espaço para publicidade na forma de banners, artigos e vídeos.

Preso ao Sonho - Inicio

Em um vilarejo morava um moço muito conhecido e querido por seus vizinhos. Era calmo e nunca se metia em confusão, era de fato um rapaz pacato. Ele morava com os pais e seus oito irmãos numa simples residência, mas que trazia-lhe boas lembranças.

Alguns anos atrás, quando tinha seus 14 anos, sua família recebeu uma visita de uns amigos que moravam em outra cidade, vieram passar as férias de fim de ano. Eram um casal com dois filhos: uma moça de 15 anos, chamada Ruthi e um menino chamado Rick de 10 anos.

A família se preparou com uma bela festa de boas vindas para receber as visitas, estava perfeito, tudo de acorda com o planejado, quando de repente chegam os esperados visitantes, foi a maior alegria, todos felizes e satisfeitos com a festa.

Enquanto cumprimentavam-se uns aos outros, o moço apenas observava, como não fizesse parte da festa, na verdade estava pensando como dividiria sua rede e com quem seria. De início, pensou na bela moça, mas achou que poderia ser interpretado como um at…

Reflexão

Viver na felicidade faz da tristeza um sentimento desconhecido. Quem se preocupa com o futuro esquece de viver o presente. Só entendemos os porquês das coisas quando as conhecemos. A admiração alcançada ao longo da vida é o estágio mais elevado do respeito.

Versos fragmentados

O Ser Humano sofre quando dá ao outro o poder sobre a própria vida. As verdadeiras amizades o tempo e a distância não conseguem apagar. Na germinação do amor a compreensão é o processo de crescimento. Na criação da amizade, o ponto inicial é a sinceridade.

Versos reflexivos

Fuja do que vem fácil; dos elogios falsos; das atitudes dos invejosos; dos jeitinhos para conseguir as coisas e dos atalhos na vida.
Seja capaz de se valorizar, amar, respeitar e acima de tudo de acreditar em si, pois a colheita será a felicidade.
Aprendi que: Deus nos deu a vida e esse mundo para que possamos evoluir humanamente e que por meio do perdão, mostrarmos nossa grandeza.


Versos

O sorriso é resposta para a felicidade; o carinho é resposta para a dedicação;
o amor é resposta para vida; você deve ser, a resposta para quem te ama.
A paz colhida no presente é a semente plantada no passado.
O respeito é arma dos justos e característica dos bons.


Mensagens em Versos

A melhor riqueza que se pode ter é aquela conquistada ao longo de nossa vida. A SALVAÇÃO.
Viver na felicidade faz da tristeza um sentimento desconhecido
Só entendemos os porquês das coisas, quando as conhecemos.
Não queiras mais ou menos, apenas o que mereça.


Mensagem do dia

O valor de uma abraço não está no tempo de duração, e sim no tempo que dura o prazer de abraçar.
Manoel Messias

Meu mundo de amor

Meu mundo de amor começou quando surgiste na minha vida A sorte sorriu pra mim dando-me um presente valioso Pensei está viajando na direção de um paraíso glorioso Fui além, cheguei no fim e deslumbrei-me n’uma riqueza adquirida. 

O agricultor e os pássaros

Em uma comunidade distante da cidade vivia um agricultor muito feliz, que para ele não existia tempo ruim. Ele acordava com a natureza chamando-lhe; pássaros com melodias fascinantes; o cantar do galo garboso e os raios do Sol adentrando as flechas da porta fazendo do seu dia, o mais alegre de todos.


Um agricultor muito popular na comunidade, todos gostavam daquele simpático e pacato Senhor. Para ele, o mundo só compensa para quem não segue o que o mundo oferece e que por isso não se deixava iludir-se pelas coisas fáceis, gostava mesmo era de lutar pelos seus objetivos.

Aproximadamente um ano atrás, ao ser despertado pelos sons dos pássaros, não levantou da cama imediatamente, ficou um pouquinho mais e como sempre prestava atenção a tudo, percebeu que em uma das janelas da casa estava um casal de pássaros cantando desesperadamente. O agricultor levantou, abriu a janela e alimentou-os. A partir daquele momento começou a tratá-los com carinhos e atenção até os dias atuais…

Certo dia o agr…

Ser feliz com a felicidade de que se ama.

Vejo uma estrela de beleza tão grandiosa, que me fez lembrar de você Brilho que iluminou a minha alma, igual a quando estou diante de ti Sensação que acalma o coração e alegra-me na razão de viver Algo bom que despertou em mim, o meu amor, começo a te sentir.

Brejo da Madre de Deus - PE

Brejo da Madre de Deus, um importante município no agreste pernambucano; tem a origem do seu nome em virtude de um acidente geográfico: um vale formado pelas serras da Prata, Estrago e Serra do Ponto. Abaixo um trecho do poema de Manoel Messias publicado Brejo da Madre de Deus

“Situado em um vale Que vale muito para seus habitantes Glorioso e honrado és tu!”



Em 1751, às margens do riacho, batizado como Madre de Deus, os padres da congregação São Felipe Nery fundaram um hospício e que um ano depois, Em 1752 os religiosos estabeleceram-se no local onde hoje está localizada a sede do Município, dando aí início ao seu desenvolvimento.


Sobre a fé do povo Brejense, Manoel Messias escreveu:


“Terra de matas e serras De história que marca De água abundante De fé pura e marcante.”


Uma cidade de belezas naturais que fascinam, paisagens, flora e fauna ricas em diversidades e com água em abundância fazem do Brejo da Madre de Deus, um lugar ideal para viver. Mata do Bitury, reserva natural de mata atlântic…

O sol nasce pra todos

As pessoas de uma determinada comunidade tinham o costume de preparar uma área de terra correspondente a meio hectare para o cultivo de lavoura, mandioca, macaxeira, milho, feijão entre outras coisas. Já era uma tradição local, pois assim que começavam as chuvas que ocorrem no período de março a agosto, os moradores daquela comunidade cuidavam dos seus roçados, (local de se plantar), enchendo-os com uma enorme variedade de plantas, mas havia no lugar um homem que nunca se atrevia a fazer um roçado e somente, de longe, via as plantações dos seus vizinhos


Os moradores da comunidade convidavam para que também preparasse a terra para o cultivo da lavoura, mas o mesmo recusava dizendo: - Vocês pegam as melhores terras, têm dinheiro pra gastar no caso de ocorrer prejuízo e tem uma grande freguesia que compram suas colheitas. Ele sempre usava esses argumentos, além de dizer que em comparação aos demais iria colher pouco ou simplesmente nada.

Um ano após ter recebido o último convite, o homem r…

Júlio, o rapaz desconfiado

O Júlio era muito calmo e calado, e que desconfiava de tudo e de todos. Ele trabalhava em um jornal, do qual recebia o suficiente para se manter. As pessoas que conviviam com ele nada sabiam sobre sua vida e que mesmo assim acostumaram-se com aquele vizinho tão solitário.


Todos comentavam que ele era do interior, o décimo filho de uma família pobre, que ao ser perseguido, foge de sua cidade. O motivo seria pelo fato de o rapaz ter iniciado um namoro com a filha de um coronel, que não aceitava o relacionamento. Um outro comentário seria pelo fato de que ele teria praticado algo de errado e que por isso estava fugindo; explicaria o seu comportamento de desconfiança.

Após três anos, Júlio, como era conhecido, começava a fazer amizades no bairro e no trabalho, de vez em quando falava sobre o que sentia e acontecia no seu cotidiano e da sua família. Por ser desconfiado, ele insistia em viver na solidão; um mundo solitário em que personificava um sentimento de tristeza e um elo com algo que t…

Meu mundo

Idealizo um mundo de felicidade
Onde a dor do desamar passa por longe Viajo em um barco de vitalidade Vejo o amor em meu horizonte.

O rapaz e a felicidade

Perto de uma determinada estrada localizava-se uma casinha simples de paredes feitas com varas e barro, com cobertura de palhas de coqueiro e de portas frágeis e singelas. Em seu quintal existia uma plantação com árvores frutíferas; onde os pássaros, com cânticos melódicos, deixavam o amanhecer poético. Apesar de tanta humildade, a casinha era habitada por uma sensação harmônica, como quem é feliz com a felicidade de quem se ama na incondicionalidade.

Fonte de felicidade, era como o rapaz a considerava, ele cuidava de um belo jardim para que a casinha ficasse enfeitada e perfumar. Ao amanhecer, pegava o seu material de trabalho e ia pro roçado(lugar onde plantava sua lavoura), mas antes cuidava do jardim e agradecia a Deus por sua simples moradia em sinal de gratidão.
O jovem saía de casa todo feliz, e quando ele achava que estava no cume da felicidade; ficava mais feliz como se fosse possível medir a sua intensidade. Porém existia uma explicação: Além da esplendorosa paisagem e do enc…

Amar

Muitos dizem amar, mas o que é amar? Amar! É ver no outro a imagem personificada da própria alma sendo vivenciada no mais elevado esplendor. É a sensação de ser feliz com a felicidade do outro, prazer de estar bem com quem nos alegra a alma e é fonte e fortaleza onde se encontra o preenchimento para almas solitárias.

O amar é sublime! É à ação do amor que promove a consciência de aceitar: o que não se pode mudar; perdoar o que é ofensivo que não ofende; o conceder para harmonizar; o servir para a busca da perfeição e a promoção da alegria para ser feliz.

O Filho | Manhã de Domingo

O acontecimento deixou rapaz muito emocionado, o mesmo não continha-se de felicidade mesmo amando os pais adotivos. A esperança de encontrar os pais biológicos, batia a cada amanhecer em seu coração. Chorando, começou a falar da sua infância repleta de felicidade, mas e ao mesmo tempo de um vazio que castigava a alma. Mesmo diante de tal realidade nunca deixou de sonhar, de lutar e de procurar os pais.


Aos 15 anos de idade, estava sentado em um banco de praça e falando silenciosamente em oração fervorosa; em determinado momento, aparece uma bela jovem, cujo encanto se compara a beleza do amor. Ele, encantado com tanta beleza, começa observar a formosura da moça que não percebe o admirador.
Muito tempo depois, estava o rapaz na fila de um banco quando a jovem se aproxima e pergunta-lhe as horas; já tinha se passado três anos desde da primeira vez que ele tinha a visto, o jovem com os olhos radiantes de alegria responde com emoção.

Ela olha nos olhos e percebe uma alegria que vibra no cora…

Manhã de Domingo

Aquela era uma bela manhã de domingo em que ambos acordaram com um belo sorriso no rosto e declamando o amor um ao outro, a beleza do dia iluminado, ao café levado na cama e a vida. Era como faziam aos domingos: ele ia rezar na capela construída em frente de sua casa; ela ia pro banho e consequentemente retocar a beleza com aqueles trajes que deixava seu amado radiante perante tanta formosura. O casal cumpria à risca o que era planejado, ao celebrar a riqueza da união e da beleza harmônica da existência.

Era costume do casal que ao chegar naquela pracinha, na qual tinha um belo e esplendoroso lago, ele descia do carro e lentamente abria a porta para que sua amada brilhasse em encanto, enchendo-lhe o coração de felicidade. Quando tudo parecia estar na monotonia do planejado, algo surpreendente tocar-lhe-ias o coração, outro casal com olhares de curiosidade se aproxima e que em seguida começam a conversar.

Num determinado momento, uma atitude daquele casal chama a atenção dos jovens, que …

O Jovem e o Presente

Em um determinado reino vivia um Rei muito triste, que não comentava de sua melancolia com ninguém. Após alguns anos de sofrimento, a família decidiu acabar com toda aquela tristeza, e resolveu convocar os reis da região para tentar o alegrar. Então foi planejada e realizada uma festa, que tinha como objetivo curá-lo daquela tortura..


Todos os convidados trouxeram coroas de ouro, espadas, moedas entre outras coisas de muito valor; mesmo com tudo isso, continuou naquela melancolia. A família sentiu um profundo desânimo, e quando não tinha mais o que fazer; um jovem muito humilde pede para falar com o Rei. Disse ele: - Trago um presente para a Vossa Majestade e peço-lhe permissão para entregar. O REI ouviu o pedido e autorizou o jovem, que deu-lhe um grande e longo abraço.

Muito emocionado, o rapaz falou para o Rei: - Este é o meu presente, sou humilde e o que tenho não foi o suficiente para comprar um presente valioso para Vossa Majestade. Depois de ouvir tudo o que disse o jovem, por um…