As desilusões

Nas desilusões amorosas
O sofrer castiga a emoção
Sentimentos encarecem o coração
Ficam espinhos, caem às rosas.

O não falar endurece o sentido da vida
O chorar alivia a incessante dor
Nos perfumes, some-se o cheiro, realça o odor
Incógnita felicidade, banida na tristeza sentida.

Nada se faz, tudo recai na solidão
Não se ver fim, só recomeçar a dor
No silêncio do amar, ver-se a essência do amor.

Só esperança alimenta o coração e a alma
Em noites solitárias, o convida a alegria
Crença na superação sonhada a cada dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É lindo

Reflexão

Ser feliz com a felicidade de que se ama.

Versos fragmentados

Versos reflexivos

Versos

Meu mundo