O Lago e o Peixinho

Fil era um peixinho muito espertinho
Que todo dia em um lago, vivia a nadar
Com água abundante como nenhum outro no lugar
Assim estava o peixinho alvinho e fofinho.


As crianças admirava-se por tanta beleza
Deslumbrantes pulinhos do peixinho feliz
Contagiar felicidade, foi o que sempre quis
Não sabia que a água perderia a clareza.


Veio à seca e com ela, a poluição
O lago secando e o peixinho sem solução
O que antes era alegria, tornar-se pulos de aflição.


Lá se foi o peixinho triste a chorar
Debatendo na lama sem água a lhe animar
Acabou o sofrimento, o Fil está a descansar.

Comentários

As postagens mais Vistas

Divino amor

Meu Jardim Florido