Preso ao Sonho - Inicio

Em um vilarejo morava um moço muito conhecido e querido por seus vizinhos. Era calmo e nunca se metia em confusão, era de fato um rapaz pacato. Ele morava com os pais e seus oito irmãos numa simples residência, mas que trazia-lhe boas lembranças.


Alguns anos atrás, quando tinha seus 14 anos, sua família recebeu uma visita de uns amigos que moravam em outra cidade, vieram passar as férias de fim de ano. Eram um casal com dois filhos: uma moça de 15 anos, chamada Ruthi e um menino chamado Rick de 10 anos.



A família se preparou com uma bela festa de boas vindas para receber as visitas, estava perfeito, tudo de acorda com o planejado, quando de repente chegam os esperados visitantes, foi a maior alegria, todos felizes e satisfeitos com a festa.


Enquanto cumprimentavam-se uns aos outros, o moço apenas observava, como não fizesse parte da festa, na verdade estava pensando como dividiria sua rede e com quem seria. De início, pensou na bela moça, mas achou que poderia ser interpretado como um atrevimento, oferecer sua rede logo para a moça. Então, cedeu a rede ao menino e, estava ciente que durante o período de férias das visitas, ia dormir no chão.


No outro dia, depois de passar por uma noite de pesadelos, o moço ao sair de casa chama dois irmãos para irem a um lago do outro lado do vilarejo. Chegando no lago, enquanto seus irmãos enchem os baldes com água para levar para casa, ele fica pensativo, coisas de adolescente. De repente, alguém grita por seu nome, era a Ruthi que se aproxima e muito simpática, inicia uma conversa com ele.

Um dos irmãos dele falar de longe: - Estão namorando! Vai dar em casamento. Pronto, foi o motivo dele sair correndo e bravejando com o irmão, enquanto Ruthi entendeu toda aquela situação como uma brincadeira e foi atrás dele, mas não conseguiu encontrá-lo em lugar nenhum.

Ele, algumas horas depois, volta para casa todo desconfiado e ainda bravo como o irmão, senta na varanda e começar jogar damas com Rick. Num certo momento, Ruthi novamente se aproxima e tentar iniciar uma conversa, mas ele insiste em ficar em silêncio, então ela diz que tem um pedido a fazer e que deseja falar a sóis.

Todo surpreso com aquela atitude de Ruthi, aceita e logo saem juntos para uma pequena pracinha em frente da casa. Ao chegar no local, ele antecipa-se e pergunta sobre o pedido; ela sorri, pede calma e em seguida pergunta o porquê dele ter ficado com raiva do irmão e ter saído correndo. Desconfiado, ele fala que seus irmãos sempre fazem aquilo e que por consequência, tornou-se inseguro com as atitudes de outras garotas, que não encaravam como brincadeiras e pensavam que era ele que incentivava os irmãos a terem tais atitudes.

Após ouvir tudo o que ele falou, Ruthi tem a confirmação do que estava acontecendo e revela o pedido. Pergunta se ele aceitaria namorar com ela, mais de mentira, só pra dar o troco nos irmãos e para que parassem com este tipo de brincadeira.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É lindo

Reflexão

Ser feliz com a felicidade de que se ama.

Versos fragmentados

Versos reflexivos

Versos

Meu mundo