A rosa e o jardim

Num jardim de beleza esplêndida
Uma rosa se destacava em elegância
Perfume que exalava sua essência
Beleza encantada nas pétalas como chama.


Concorrida por borboletas encantadas
Troféu para abelhas enfeitiçadas
Invejada por outros insetos, destruidores.
Sonhada como prova de amor para amores.


Ao raiar de um dia de Sol sublime
A rosa estava ausente do harmonioso do seu lar
É que passa um apaixonado a amar
Encantado com sua beleza, leva-a para à amada.


O jardim nunca mais foi o mesmo
A rosa, coitada, logo foi descartada
O apaixonado pensou que tinha uma amada
Vida tirada por um falso desejo.

Comentários

As postagens mais Vistas

A Viagem

Divino amor

Meu Jardim Florido